Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

28Set

Nova edição do Boletim de Economia Regional já pode ser acessada


por: Assessoria

A nova edição do Boletim de Economia Regional, referente ao período de junho de 2016 já está disponível. Com o objetivo de oferecer à sociedade elementos que contribuam para um maior entendimento do quadro conjuntural da economia, o informativo é feito a partir de uma linguagem simples e acessível a qualquer cidadão.

Elaborado por membros do projeto de extensão Conjuntura e Mercados Consultoria Jr. (CMC Jr.), vinculado à Faculdade de Economia da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o boletim vem acompanhando desde janeiro a evolução da economia das cidades da Zona da Mata mineira.

O Indicador de Atividade Econômica dos Municípios da Zona da Mata (Ieam) é formado a partir de diversas variáveis, compreendidas entre dados do mercado de trabalho, da arrecadação de impostos pelos municípios, da exportação e da importação, além dos dados de operações bancárias. Foi criado com o objetivo de acompanhar mensalmente a evolução da economia das cidades da Zona da Mata mineira.

O Indicador de Atividade Econômica Municipal (Iaem) para os municípios de Minas Gerais compreende, na sua elaboração, 23 variáveis que retratam as características econômicas locais. Essas variáveis são divididas em quatro sub-índices: Índice de Arrecadação Municipal (IAM); Índice de Atividade Bancária (IAB); Índice de Abertura Externa (IAE); Índice de Movimentação do Emprego (IME).

Para a sua elaboração, são coletados dados mensais do Ministério do Comércio Exterior, Ministério do Trabalho, Banco Central, Portal da Transparência e Secretaria de Finanças do Estado de Minas Gerais. Nesta edição, são apresentados os resultados do IAEM para todas as mesorregiões de Minas Gerais .

Pela ótica da publicação, na mesorregião da Zona da Mata, o resultado positivo de Juiz de Fora pode ser explicado, em grande parte, pela movimentação bancária do município, bem como pela abertura comercial. A cidade mantém seu primeiro lugar na tabela dos maiores municípios, ao longo do período de janeiro a junho deste ano.

O IME também indica que os municípios do Triângulo Mineiro, Sul/Sudoeste e Noroeste de Minas foram as regiões que mais criaram empregos no mês de junho. O projeto de extensão CMC Jr. surgiu em 2014, na Faculdade de Economia na UFJF.

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos