Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

18Nov

Hoje à noite, ADJFR outorga a Comenda Bernardo Mascarenhas 2015


por:

Hoje (dia 18) às 20 horas, no Independência Trade Hotel, a Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR) realiza a Outorga da Comenda Bernardo Mascarenhas 2015. Este ano, os agraciados são a Bethânia Casa de Passagem e Acolhimento, o Instituto Vianna Júnior, a Mostra de Cinema de Tiradentes, a TV Integração e o sindicalista Clodesmidt Riani.


O Presidente da ADJFR, Jorge Montessi, explica que, conforme o Estatuto da ADJFR, dentro das comemorações do aniversário da entidade, o Comitê de Parceiros indica cinco personalidades, que podem ser físicas ou jurídicas, para receber a Comenda Bernardo Mascarenhas. A escolha leva em conta, principalmente, o trabalho realizado em prol do desenvolvimento econômico e social da cidade e da região.

 

Quem foi Bernardo Mascarenhas?
Bernardo Mascarenhas (1847-1899), nascido em Curvelo/MG, é considerado um símbolo dos empreendedores brasileiros do Século XIX. Seu pioneirismo fez com que inaugurasse em Juiz de Fora, a Cia. Têxtil Bernardo Mascarenhas em 1888 e, um ano depois, a Primeira Usina Hidroelétrica da América do Sul. Construída no Rio Paraibuna, junto à antiga Estrada União Indústria, que ligava Juiz de Fora a Petrópolis, a hidroelétrica gerou energia para seus teares, produzindo iluminação pública e particular para a cidade antes mesmo do Rio de Janeiro, então capital da República, e até hoje gera energia para Juiz de Fora.


A Fábrica, que inicialmente produzia tecidos de linho e algodão, foi a primeira a utilizar motor elétrico no país e adotar música ambiente em suas instalações. Mais tarde, foi ampliada para aperfeiçoar os tecidos e produzir flanelas, colchas e cobertores. A mudança resultou no imponente complexo arquitetônico na Av. Getúlio Vargas, um dos mais significativos referenciais da fase da industrialização mineira do Século XIX.


Entretanto, a fábrica não resistiu às modificações político-econômicas do Brasil. A partir dos anos 30, uma grave crise afetou todo o patrimônio e, em 1984, a Fábrica encerrou suas atividades.


O prédio foi tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal em 1983. Em 1997, foi fechado para reforma e reaberto em 2000, totalmente restaurado, abrigando o Centro Cultural Bernardo Mascarenhas e o Mercado Municipal.


Nossos homenageados de 2015


Bethânia Casa de Passagem e Acolhimento


A Bethânia Casa de Passagem e Acolhimento é a realização do sonho do Padre David José Reis, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário e Capelão do Hospital Oncológico, que, há mais de 15 anos, acolhia na Casa Paroquial pessoas em estado de vulnerabilidade, oriundas de outras cidades para que, em Juiz de Fora, pudessem fazer tratamento contra o câncer.


No entanto, a cada dia, via crescer a necessidade de se ter um local apropriado para acolher as pessoas que ficavam pelas calçadas, aguardando o tratamento ou esperando a condução para levá-los de volta para suas cidades, sem ter sequer um local para descansar e fazer suas refeições.


A entidade funciona na Rua Santos Dumont 236, Bairro Granbery, próximo ao Hospital Oncológico.

 

Instituto Vianna Júnior


Em 2015, o Instituto Vianna Júnior celebrou os 75 anos de fundação da Instituição, cuja história começou na década de 40. Os primeiros passos foram dados em uma antiga escola primária, "Alzira de Paula", na qual se passou a lecionar cursos livres, supletivos e preparatórios. Em 1955, os irmãos Antônio, Joaquim, Romeu e Walbet Vianna começaram a expandir os laços da instituição, implantando os atuais ensino fundamental e médio. Anos mais tarde, os cursos técnicos foram criados e, em seguida, também o de formação dos professores.


Em 1970, o Conselho Federal de Educação reconheceu a Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais Vianna Júnior e o Instituto dava início à formação de conceituados advogados para a sociedade mineira.


O ano de 1996 foi um marco fundamental na história do Instituto Vianna Júnior. As ações do então diretor presidente, Romeu de Mattos Vianna, permitiram uma revolução no sistema de ensino. A nova equipe de gestores introduziu uma moderna concepção, centrada na qualidade e excelência, principalmente nos aspectos didáticos e pedagógicos.
A partir de 2000, outros cursos superiores passaram a integrar a grade curricular do Instituto. Mais tarde, os cursos de graduação (Administração e Economia) e pós-graduação receberam a certificação da Fundação Getúlio Vargas.

 

Mostra de Cinema de Tiradentes


A Mostra de Cinema de Tiradentes é realizada desde 1997, exibindo exclusivamente produções nacionais. Nas 18 edições realizadas, o evento oferece ainda oficinas, debates, seminários, shows, entre outras atrações. Durante a Mostra, diretores e atores que se destacam na história do cinema nacional também são homenageados.
A 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes está agendada para o período entre 22 e 30 de janeiro de 2016. A programação é gratuita.

 

TV Integração


A Rede Integração foi fundada em 1964 com o nome TV Triângulo pelo uberlandense de origem libanesa Adib Chueire, que tinha o sonho de construir uma emissora em Uberlândia. Criticado por muitos e em meio a viagens por São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, Chueire conseguiu a concessão e vendeu a ideia ao empresário Edson Garcia Nunes. Nesse mesmo ano, foi assinado o Ato de Outorga da TV pelo Ministério da Justiça e Negócios Interiores.


Em 1964, entrou no ar em fase de testes a TV Triângulo no canal 8. Um mês depois, estreava oficialmente o primeiro canal de TV do interior de Minas Gerais. O nome, criado pelo advogado e primeiro diretor da nova TV, Wilson Ribeiro, foi justificado pelo foco e visão regional que a emissora teria. A primeira transmissão foi uma entrevista entre Wilson Ribeiro e o bispo Dom Almir.


Em 1971, o grupo se afiliou à recém-nascida Rede Globo, sendo a primeira empresa a trabalhar como afiliada ao grupo carioca.
Em 2007, a Rede Integração adquiriu parte da TV Panorama, afiliada Globo de Juiz de Fora, expandindo a empresa também para a Zona da Mata, se tornando a maior empresa de comunicação do interior mineiro. Cinco anos mais tarde, a Rede Integração assumiu a totalidade da TV Panorama, que passou a se chamar TV Integração Juiz de Fora.

 

Clodesmidt Riani


Clodesmidt Riani nasceu em Rio Casca em 15 de outubro de 1920 e tornou-se um líder sindical e político, tendo sido membro do PTB pré-64 e do PMDB.
Filho de Orlando Riani, operário e sindicalista e Maria Riani, casou-se com Norma Geralda Riani, com quem teve dez filhos. Foi cassado pelo golpe de 64, tendo sido preso e torturado. Após a anistia voltou à vida sindical e elegeu-se novamente deputado estadual.


Trabalhou na Companhia de Fiação e Tecelagem Moraes Sarmento e na Companhia Mineira de Eletricidade, hoje Cemig, até se aposentar em 1983.


Em 1994, foi reabilitado pela Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, reconhecendo que ela agiu sob motivação política na cassação de seu mandato logo após o movimento político-militar em 31 de março de 1964.

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos