Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

07Nov

ADJFR outorga Comenda Bernardo Mascarenhas 2012 nesta quinta


por: Gisele Simoes

A Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região (ADJFR) promove, neste dia 8 de novembro, às 20h, a outorga da Comenda Bernardo Mascarenhas na Fiemg Regional Zona da Mata. Os agraciados são a Associação dos Cegos em Juiz de Fora, Companhia Industrial Cataguases, Esdeva Indústria Gráfica, Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora e o professor e diretor de teatro José Luiz Ribeiro.
Durante a solenidade, haverá, ainda, a entrega das premiações do Concurso 123 Anos de Luz, realizado pela Associação Minas Audio-visual, em comemoração aos 123 anos de inauguração da Primeira Usina Hidroelétrica da América do Sul.
A Comenda é um reco-nhecimento ao trabalho de pessoas, empresas e entidades em prol do desenvolvimento.

José Luiz Ribeiro

O professor e Diretor de Teatro José Luiz Ribeiro circula pela comunicação, educação e teatro com a mesma paixão há mais de cinco décadas.
Tem um casamento de 41 anos com Malu Ribeiro, dois filhos, Tarsila, médica, e Federico, advogado. Dirige, há 46 anos, o Centro de Estudos Teatrais - Grupo Divulgação, entidade de reconhecimento nacional.
Mestre em Teatro, Doutor em Comunicação e Cultura, recebeu muitos prêmios em festivais e citações em obras de referência nacionais e internacionais. Autor de mais de 90 obras dramáticas. São textos premiados nacionalmente alem de produção acadêmica sobre Comunicação e Teatro em várias publicações.
Em 1984, criou o projeto Escola de Espectador que possibilita acesso ao teatro a um público de baixa renda. À frente do Fórum da Cultura da UFJF dinamizou as atividades da casa com exposições temáticas men-sais no Museu de Cultura Popular ali sediado.

Associação dos Cegos em Juiz de Fora

A Associação dos Cegos foi fundada em 5 de outubro de 1939, fruto do ideal do deficiente visual Sr. Luiz de Freitas de dar assistência a cegos idosos e carentes.
Até 1955 a entidade foi dirigida pelas irmãs de Caridade da Conferência São Vicente de Paulo até que o Lions Clube Juiz de Fora - Centro deu continuidade ao trabalho através de seu representante João Theo-dósio Araújo. Ele exerceu a função de presidente por 32 anos.
Lucas Diniz Chaves assumiu a presidência em 23 de dezembro de 2002. É habilitada pelo Ministério da Saúde como Referência em Oftalmologia e Unidade de Habilitação e Reabilitação Visual do SUS. Além disso, presta assistência aos deficientes visuais, que têm na instituição a oportunidade de se qualificar e de resgatar o direito à cidadania.

Companhia Industrial Cataguases

A Companhia Industrial Cataguases tem 76 anos, é uma das mais avançadas indústrias têxteis do mundo. Produz tecidos de algodão para todas as regiões do Brasil e exporta para mais de 30 países, com uma produção de 2 milhões e meio de metros mensais.
Seu parque têxtil está inserido em aproximados 200 mil metros quadrados de terreno, distribuídos em três unidades.
Para produzir tecidos de algodão com qualidade admirada nos cinco continentes, a empresa mantém 1300 funcionários e maquinário de ponta. Além dos colaboradores fixos, gera centenas de outras oportunidades de trabalho, uma vez que necessita de diversos fornecedores para suprir as demandas, consolidando-se como uma peça fundamental para o movimento da economia regional.

Esdeva Indústria Gráfica

Em 1891 o famoso Padre Café criou a revista Lar Católico, que foi assumida pelos padres da Academia de Comércio, fundadores de uma tipografia no início do século XX, desenvolvida e transformada em Esdeva Empresa Gráfica em 1972.
A compra da Esdeva pelo Grupo Solar formalizou-se em 1981, tendo à frente Juracy Neves e Afonso Ribeiro da Cruz. Hoje, as modestas impressoras cederam lugar às mais modernas rotativas, que processam mais de 6 mil toneladas de papel por mês para produzir impressos de alta qualidade, distribuídos em todo o pais.
A Esdeva se tornou a maior gráfica de Minas e uma das primeiras do país, com cerca de 800 colaboradores e e mais de 300 terceirizados.

Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora

Fundada em 6 de agosto de 1854 pelo Barão da Bertioga é a terceira instituição mais antiga de Juiz de Fora.
Ao logo dos últimos três anos, decorrente da atual presidência, com novo estilo de gestão e planejamento nas ações, a Santa Casa tem priorizado o atendimento. com melhor qualidade da assistência e ampliação do espaço físico.
O hospital oferece 508 leitos, sendo 45 de UTI. Por ano, realiza 15 mil cirurgias, 530 mil exames de análises clínicas, 20 mil internações e 106 mil atendimentos de emergência.
Para melhor atender aos 40 mil clientes de seu plano de saúde, o Plasc, inaugurou o Espaço Clínico com 23 consultórios de especialidades médicas.

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos