Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

12Set

Governo Estadual espera obras no Parque Tecnológico ainda este ano


por: Tribuna de Minas

Apesar do embargo da construção do Parque Científico e Tecnológico de Juiz de Fora e Região pelo Tribunal de Contas da União (TCU), a expectativa da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior é que as obras tenham início ainda este ano. A perspectiva é do secretário Narcio Rodrigues, que recebeu o plano de negócios do empreendimento. O documento, coordenado pela Fundação Dom Cabral, foi entregue pelo secretário de Desenvolvimento Tecnológico da UFJF, Paulo Nepomuceno (UFJF). A Tribuna não conseguiu contato nesta quarta-feira (11) com Nepomuceno, que está em viagem.
Durante o encontro, realizado em Belo Horizonte, também esteve presente o professor Vladmiro Miranda, do Instituto de Engenharia de Sistemas de Computadores da Universidade do Porto. O centro de pesquisas português tem interesse em instalar um laboratório no parque. Até agora, há duas confirmações: da âncora Nanium, fabricante de semicondutores e fornecedora de serviços de desenvolvimento, testes e engenharia na área, e da HidroEX, fundação ligada ao Governo do estado e integrante do programa hidrológico internacional da Unesco.
A elaboração do Plano de Negócios foi iniciada em novembro do ano passado, com a contratação da Fundação Dom Cabral para coordenar a elaboração do documento, que teve a parceria de bolsistas do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (CRITT) e professores da UFJF. Ao todo, o Governo mineiro investiu R$ 3,6 milhões nos projetos urbanístico e arquitetônico e no plano. O investimento previsto para concretização do parque passa de R$ 80 milhões. À Agência Minas, Narcio elogiou o trabalho apresentado e disse que Juiz de Fora, com o parque, entra em uma nova fase de desenvolvimento, com a atração de empresas de alto conteúdo tecnológico e geração de empregos. Paulo Nepomuceno considerou, também em declaração à agência, que o documento, que ficou pronto 16 dias antes do prazo estabelecido, significa um marco na história do empreendimento.
O embargo
Conforme a Tribuna noticiou no mês passado, os autos da avaliação técnica, já concluída pelo do TCU, seriam encaminhados ao gabinete do ministro relator José Jorge para pronunciamento. Em dezembro do ano passado, o tribunal apresentou medida cautelar suspendendo os procedimentos de concorrência pública relativos a três projetos da UFJF: a construção do Parque Científico e Tecnológico, do campus avançado de Governador Valadares e da sede da Reitoria. A medida foi adotada após ajuizamento de representação contra supostas ilegalidades ocorridas nos certames e está mantida até o posicionamento do ministro.


Últimas Notícias



Galeria de Fotos