Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

08Abr

Multiterminais quer triplicar investimentos no aeroporto


por: Tribuna de Minas

A Multiterminais Alfandegados do Brasil, responsável pela administração do Aeroporto Presidente Itamar Franco, pretende triplicar os investimentos no sítio aeroportuário até 2015. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (05) pelo gerente da empresa, Denílson Duarte. Desde a inauguração do local, em agosto de 2011, foram investidos R$ 39 milhões. Duarte não detalhou a destinação dos recursos, mas adiantou que a intenção é melhorar o conjunto de equipamentos do empreendimento para o transporte de cargas e também otimizar a utilização da área.

Ele explica que o aeroporto possui área de aproximadamente cinco milhões de metros quadrados, mas apenas 170 mil metros quadrados são utilizados no terminal. "Faz parte do plano diretor a implantação de hangares para manutenção e estacionamento de aeronaves. Já iniciamos este tipo de serviço. Desde novembro, oito aviões da empresa Azul Linhas Aéreas estão hangariadas." A iniciativa também pode impulsionar a utilização do terminal para voos executivos. Segundo Duarte, desde a inauguração, foram realizados 2.117 voos regulares, executados pela Azul/Trip, e 546 voos executivos. Estes últimos representam 25% dos voos comerciais.

Apesar do término da retirada do morro localizado na cabeceira Sul da pista do aeroporto, pousos e decolagens de aeronaves de grande porte ainda não estão sendo realizados. Inicialmente, a expectativa da Multiterminais era de efetuar três voos internacionais diários para o transporte de cargas a partir de dezembro do ano passado. Segundo Denílson Duarte, ainda faltam autorizações do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para a mudança na utilização da pista. "Já enviamos a documentação para os órgãos responsáveis. Eles têm que verificar as modificações e dar a aprovação final. Nossa expectativa é que, até junho, estaremos recebendo aviões de grande porte." Com relação à internacionalização do aeroporto, Duarte diz que ainda falta aprovação da Receita Federal. "São pequenos detalhes. Neste caso, também estamos esperançosos de que no meio do ano, já estejamos recebendo cargas internacionais."

 

Demanda

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL), Vandir Domingos, existe uma demanda reprimida por voos executivos na região. "A cidade perde oportunidades de negócios em função de oferta restrita de horários e voos nos aeroportos do município". Atualmente, a Azul/Trip é a única empresa que opera nos aeroportos da Serrinha e no Itamar Franco, com linhas para São Paulo, Campinas e Belo Horizonte.

Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas (Fiemg) Regional Zona da Mata, Francisco Campolina, a aviação executiva ainda não tem atendido a demanda reprimida. Ele destaca que, com a proximidade dos grandes eventos esportivos que o Brasil irá sediar (Copa do Mundo e Olimpíadas), a necessidade de execução dos projetos é urgente, em função da superlotação dos aeroportos das principais capitais do Sudeste (Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte). "A alternativa viável é o Itamar Franco. Existe proposta da iniciativa privada para construção de hangares. Interesse do capital privado não falta, mas o empresariado precisa de certeza de que o aeroporto estará em pleno funcionamento. Ninguém investe na dúvida", pondera.

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos