Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

04Jan

O ato de sentar e levantar: Será possível prever nossa longevidade através dessas ações?


por: Assessoria Suprema

O ato de sentar e levantar: Será possível prever nossa longevidade através dessas ações? Este foi o foco central de um estudo desenvolvido pelos Prof. Dr. Claudio Gil Araújo (orientador), professor da Universidade Gama Filho e diretor médico da Clinimex, Prof. Dr. Djalma Rabelo Ricardo, diretor e professor da FCMS/JF - Suprema e Prof. Plinio Santos Ramos, também professor da Suprema. Este estudo foi fruto da dissertação de mestrado de Leonardo Barbosa de Brito, o qual contou ainda com a participação da Profª. Denise Sardinha Mendes Soares de Araújo, da UNIRIO e de Jonathan Myers, da Universidade de Stanford, em Palo Alto, USA.

 O Teste de Sentar-Levantar (TSL) consiste em avaliar a potência muscular, a flexibilidade, o equilíbrio e a coordenação motora de qualquer pessoa. O estudo foi publicado na Revista Científica "European Journal of Preventive Cardiology", da Sociedade Europeia de Cardiologia, e teve alcance mundial na mídia, sendo divulgado em mais de 300 sites de notícias em diversos países. Além do vídeo no youtube, explicando a prática e a teoria do teste, que já foi assistido por mais de 133 mil pessoas de 140 países, este teste ainda foi alvo de reportagens dos principais veículos de comunicação no mundo inteiro como, por exemplo, BBC London, Nbc News, Science Daily, Dailymail entre muitas outras, sendo também divulgado no jornal nacional "O Globo". O passo a passo do teste pode ser visto no Youtube, através do link: http://bit.ly/TXV6BI .

 Este teste avalia componentes da aptidão musculoesquelética através da habilidade de sentar e levantar do solo, atribuindo uma pontuação parcial para cada uma dessas duas ações.  A missão consiste em executar estas tarefas, sem se preocupar com a velocidade, usando o mínimo de suporte necessário. Um ponto deve ser subtraído para cada suporte - por exemplo, usar as mãos, o joelho ou a parte lateral da perna como apoio. Cruzar as pernas é permitido. Se houver perda de equilíbrio, meio ponto deve ser subtraído. Depois, somam-se as duas notas obtidas. Estudos anteriores mostram que os resultados do TSL são altamente confiáveis, e o teste já foi utilizado em diferentes pesquisas. O TSL não exige um equipamento especifico, é seguro, fácil de aplicar e possui uma pontuação confiável. Outra característica importante é que os sujeitos são capazes de compreender facilmente o sistema de pontuação e o significado dos resultados.

 Este estudo, que foi financiado pela Faperj e pelo CNPq, teve como objetivo determinar o valor prognóstico por todas as causas de morte do teste de sentar-levantar (TSL) em adultos entre 51 e 80 anos de idade. O TSL foi realizado com 2002 adultos nessas idades, os quais foram acompanhados, em média, por seis anos. Neste intervalo, 159 morreram. Segundo Prof. Plínio Ramos, entre aqueles com nota de 0 a 3, 19,2% morreram no período de acompanhamento do estudo. Já no grupo de melhor desempenho, com nota de 8 a 10, o percentual de óbitos é de apenas 3,6%.

 Acesse link para o artigo completo, através do endereço:

http://cpr.sagepub.com/content/early/2012/12/10/2047487312471759.full.pdf+html


Últimas Notícias



Galeria de Fotos