Bem-vindo à Agência de Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região!

Horário de Funcionamento de 13:00 às 19:00

Av. Getúlio Vargas, 455 / 4° andar Centro , Juiz de Fora, MG

(32) 3215.7100(32) 3217.9846

18Mar

Processo de Importação da China: Como Começar?


por: Assessoria

A China tem sido um grande atrativo para os empresários brasileiros. Com o custo dos produtos bem baixo e a promessa de lucros bem altos, muitos empreendedores já decidiram partir para esse investimento. Se você faz parte dessa lista de empresários que deseja importar do mercado chinês, veja algumas dicas para começar o processo de importação da China:

1. Tenha um planejamento: Organize-se!
Tenha todas as formas de contato, como Skype, e-mail, telefone e outros possíveis. Garanta que a comunicação não será um problema entre você e o seu fornecedor. Os fabricantes chineses são, em sua maioria, desorganizados e acabam não utilizando de muita tecnologia para a gestão de suas operações. Isso dificulta um pouco o relacionamento do vendedor com o comprador, por isso a sua iniciativa de organizar e planejar toda a comunicação fará muita diferença. Utilize planilhas, tabelas, documentos, tudo em um único local.

2. Estude a cultura chinesa
Fazer negócios na China é muito diferente de fazer negócios no Brasil. A cultura dos chineses é muito diferente da cultura brasileira, seja para se comunicar ou para negociar. É ideal que o comprador brasileiro entenda da cultura oriental para poder comprar da China. Uma filosofia chinesa muito presente na hora de fazer negócios é: "Se você negar algo hoje joga fora uma chance amanhã". Assim, na comunicação os chineses não são diretos para fazer perguntas, nem respondê-las. E neste momento saber interpretar as entrelinhas será muito importante para o sucesso do negócio.

3. Seja paciente
Paciência é a chave desse negócio. A comunicação da negociação, na grande maioria das vezes, é feita em inglês, uma língua que não é nativa para nenhuma das partes. Assim, tudo acontece mais devagar e poderão ocorrer alguns ruídos. O primeiro contato também sempre é mais difícil, o comprador e o vendedor ainda não se conhecem e é preciso que os dois criem credibilidade suficiente para a finalização do negócio.

4. Tenha toda a negociação documentada
Como qualquer outra ação de compra e venda, o processo de importação da China deve ser todo documentado. Os processos de fabricação, prazos, todas as etapas, design de produto, contratos, enfim toda a operação deve ser claramente documentada. Ser for possível, tenha esses documentos não só no inglês, mas também no chinês para que fique extremamente claro ao fornecedor o que foi combinado e o que precisa ser feito.

Preocupe-se com o sucesso do seu negócio. Procure profissionais para ajudá-lo a garantir boas compras e o lucro almejado para essa transação.

Conheça a assessoria para importação e exportação da Coletiva Trading: www.coletivatrading.com

 


Últimas Notícias



Galeria de Fotos